sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O inventário da tristeza

A pobre tristeza morreu,
mas deixou a ansiedade
que incomoda no louvar da noite.
A charmosa tristeza morreu,
e nem tristes podemos ficar,
pois ela deixou o charme
para os olhos desavisados - diz o testamento -,
que contornam a imagem do envolvimento
desses poemas pensados.
Os que certa vez não foram escritos nem lembrados,
mas não deixaram de rimar.
A tristeza, por fim, escreveu:
Deixemos as lágrimas para as nuvens.
Então sobrou o vazio, que procura estar ocupado
completando a indecisão que é
o inventário da beleza.

4 comentários:

  1. Tristeza não tem fim, felicidade sim.

    ResponderExcluir
  2. o que seria de nossas pobres almas se não fosse a tristeza pra podermos ser felizes depois?
    ótimo!

    ResponderExcluir
  3. hi! friend, Could you exchange link with my site? it is new, do hope you do not mind

    to exchange link
    Here's mine
    http://khdoc.blogspot.com/

    http://khmergay.nibblebit.com/
    http://amangay.blogspot.com/
    cheer,

    ResponderExcluir